Acadêmica da Celer Faculdades vence Prêmio de Jornalismo do Sicom

IMG-20180207-WA0003

A acadêmica do curso de Jornalismo da Celer Faculdades, Mariana Frezza Cossa, foi a vencedora do Prêmio de Jornalismo Mariangela Iop de Oliveira, dirigido para jornalistas profissionais e estudantes  da região. O Prêmio é uma iniciativa do Sindicato do Comércio da Região de Chapecó (SICOM).

 

Mariana abordou em sua reportagem a importância do comércio na região Oeste e as alternativas de renda como é o caso dos brechós, a produção artesanal e a moda ética. “Os brechós estão ganhando a atenção da população principalmente no que diz respeito à sustentabilidade. Neste viés também entra a moda ética que leva em consideração os direitos humanos ou animais nos locais de produção”, explica.  Além disso, a moda ética está relacionada ao comércio mais justo, a valorização da cultura e produção nos grupos étnicos.

 

A avaliação considerou como critério a pertinência e relevância da pauta, o ineditismo, o aprofundamento do tema em relação ao significado social e econômico do comércio, a utilização correta das técnicas jornalísticas e a observância da Língua Portuguesa.

 

“Este prêmio foi um desafio principalmente para pensar a realidade do comércio regional, perceber que existem muitas pessoas fazendo a diferença perto de nós e as vezes não ganham atenção da mídia. Nós jornalistas temos o papel de contar histórias e nada melhor do que buscar histórias diferentes de quem está inovando e buscando alternativas”, explica Mariana.

 

A estudante do terceiro período ainda comenta sobre a importância do incentivo à participação em concursos e eventos ligados à comunicação. “Os professores nos incentivam muito a produzir conteúdo e a participar de concursos das diferentes áreas de atuação do jornalista. É uma forma de já estarmos inseridos neste cenário e buscando o conhecimento de forma constante para nos tornarmos profissionais diferenciados”, destaca Mariana.

 

O prêmio

 

Com essa iniciativa, lançada em 2014, o Sicom homenageia a jornalista Mariangela Iop de Oliveira, profissional que atuou em sua assessoria de imprensa por 21 anos e foi a primeira mulher jornalista formada a exercer a profissão em Chapecó. Falecida em 2012, era graduada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Maria e em Administração pela Fundeste/Unochapecó e pós-graduada em Metodologia do Ensino Superior em Comunicação Social e em Publicidade e Propaganda e atuou nas rádios Universidade e Imembuí, de Santa Maria, na Rádio Chapecó e foi assessora de Comunicação Social da Prefeitura de Chapecó.

 

A próxima edição do Prêmio será lançada em abril deste ano, quando serão entregues formalmente o troféu correspondente ao prêmio de 2017 e a premiação.

IMG-20180207-WA0002

 
 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Escort atakoy escort bayan istanbul escort beylikduzu escort istanbul escort Atakoy Escort Atakoy Escort Atakoy Escort samsun escort eskisehir escort